terça-feira, 30 de junho de 2015

Musica com Historia 300615642

Os “Real Companhia”. Grupo que se inspira na tradição da música portuguesa. A sonoridade é essa mesmo. A de aqueles grupos e cantores que fizeram furor no pós 25 de Abril. Mas os “Real Companhia têm essa sonoridade e ainda mais. Músicas próprias e uma sonoridade própria que lhes dá uma identidade que os aparta e seduz.

Fundada por Fernando Pereira, um filho deste concelho, Real Companhia é uma banda de música marcadamente tradicional que conta já com seis álbuns editados e com participações de Joaquim de Almeida, Ana Laíns, Rogério Charraz, entre outros.

Foi sem dúvida a humildade das raízes serranas e o gosto pela música, que fizeram dos Real Companhia uma banda tradicionalmente portuguesa que através de belas melodias nos faz recuar no tempo e reviver outros costumes.

O álbum Serranias, lançado em Novembro último, conta com participações especiais de Rui Veloso, Ana Laíns, José Fanha, Rui Mendes e Joaquim de Almeida, com a declamação de “O Infante” de Fernando Pessoa. Para o espectáculo da Cerâmica Arganilense, Fernando Pereira e a sua Real Companhia, trarão consigo também alguns convidados num espectáculo a não perder. Os bilhetes estão à venda no Posto de Turismo de Arganil e na recepção da Piscina Municipal de Arganil, com um custo unitário de 6 euros para maiores de 12 anos.

Para além das frequentes actuações em ambiente intimista na Taverna dos Trovadores, uma verdadeira catedral da música tradicional portuguesa propriedade de Fernando Pereira, actuam de norte a sul do país, tendo inclusivamente feito espectáculos em Cabo Verde.


Estiveram no passado mês de Maio em acuação em Cabo Verde. Vamos ouvi-los no tema “A Morna de Nha Lisboa

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Musica com Historia - 290615641

"With a Girl like You" é uma canção de sucesso da banda Inglêsa  The Troggs. A canção chegou a número um no UK Singles Chart em 04 de agosto de 1966, onde permaneceu por duas semanas.

A canção é destaque, sem cortes, de uma cena da dança da escola a partir de do filme de 1991 numa cena romântica  de  Nicole Kidman e Noah Taylor filme. Foi também uma trilha sonora dos filmes The Good Night e The Boat That Rocked .

Parte da canção foi apresentada em um trailer para o filme 2013 Warm Bodies, e foi apresentada no final da temporada 9 da Séria de  "The Real McCoy", quando Adão e sua namorada dançam. A canção foi apresentada em meninas temporada 1 episódio, "Vagina Panic".


Vamos ouvir “Whit a Girl like you” de The Troggs no programa de Hoje.

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Festival Terra Terra arranca hoje na Ribeirinha

O Festival “Terra Terra”, vai ser organizado pelo Grupo Desportivo, Recreativo e Cultural Terra Terra, nos dias 26, 27 e 28 deste mês de Junho, como uma das formas de comemorarem o 40º Aniversário da Independência de Cabo Verde. 



Esta 4ª edição do Festival vai contar com muita animação musical, teatro, passagem de modelo, dança, desporto e descoberta de novos valores artísticos, conforme o nosso convidado Osvaldo dos Santos, um dos responsáveis pelo Grupo desportivo, Recreativo e Cultural “Terra Terra”.

Musica com Historia - 260615640

Hoje teremos no música com Historia Sérgio Fonseca, que foi vocalista, do famoso conjunto musical de São Tomé e Principe, Africa Negra”. Nos idos de 1980, o conjunto  varreu o universo da língua portuguesa, antes de se desintegrar num mar de confusões que levou ao mais caricato dos desfechos: os membros da formação original fragmentaram-se em grupos, todos chamados África Negra. O poder do nome é tanto que consta que há gente que nunca esteve na formação original a criar bandas com essa denominação.


Sergio Fonseca, regressa, agora a interpretar um tema onde canta a saudade da gloria de outrora., com o título de “Cumamué

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Musica com Historia - 250615639

Ketara Shavon "Keke" Wyatt é uma artista americana. Ela se tornou popular após uma colaboração bem-sucedida com o cantor de R & B Avant em seu álbum de platina meus pensamentos.  Isto levou o seu álbum de estreia”Soul Sista” a certificação de Ouro, em 2001, e uma promissora carreira solo com a MCA Records.

Wyatt começou a cantar aos dois anos de idade, experimentando seu primeiro show ao vivo aos cinco anos de idade. Ela cantou uma canção que aprendeu com a mãe, intitulada "Beautiful"  e, logo depois, ela executou uma canção aprendeu com seu pai intitulado "How Beautiful".  Crescendo em Indianápolis, e passar o tempo nos estados de Kentucky e Texas, Wyatt influenciou-se pelos gostos de Stevie Wonder, Donny Hathaway e Ella Fitzgerald. 

Inspirada por muitos grandes nomes musicais anteriores, Wyatt realizou os seus sonhos de adolescência com grupos femininos. Ela cursou o ensino médio em Indianápolis onde foi membro da equipa de wrestling de sua escola  e foi muitas vezes reconhecida por possuir um nível de maturidade que excedia a sua idade.


Keke Wyatt a intrepretar “Lie under you

Associação Nova Esperança, comemora o dia de Combate a Droga

A Associação Nova Esperança desenvolve uma série de actividades, no âmbito da comemoração dia Mundial da Luta contra o uso indevido e trafico ilícito de  Droga,  no próximo 26 de Junho. 

Ciclos de palestras, testemunhos de ex toxicodependentes, exposição de fotografia e distribuição de brochuras relativas a matérias, assim como passeata pelas ruas da cidade, são algumas das acções programadas.


As actividades vão prolongar-se pelos dias 26, 27 e 28 de Junho e contarão ainda de encontro convívio, música, dança e jogos, na Ribeira Bote, conforme esclarecimentos no programa 40 Graus na Rádio Morabeza, pelo Sr. Alfredo Cançado, Presidente e fundadores da Associação Nova Esperança. 

Siga a conversa com Alfredo Cançado.  

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Musica com Historia - 240615638

Florence and the Machine é uma banda britânica de indie pop, liderada por Florence Welch, com a contribuição dos músicos Isabella Summers, Tom Monger, Robert Ackroyd, Christopher Lloyd Hayden, Mark Saunders e Rusty Bradshaw. Desde que surgiu, a banda foi muito bem recebida pela comunicação social.

O álbum de estreia da banda, intitulado Lungs, foi lançado em 6 de Julho de 2009 e foi um enorme sucesso comercial na Inglaterra. Em Outubro de 2011, Florence lança o segundo álbum, Ceremonials, que estreia em primeiro lugar no Reino Unido e em sexto lugar nos Estados Unidos.

O som de Florence and the Machine é descrito como uma combinação de vários géneros, incluindo rock e soul. Lungs venceu o prémio MasterCard British Album award no BRIT Awards de 2010. No 53º Grammy Awards, recebeu uma nomeação na categoria Artista Revelação. Pelo álbum Ceremonials, a banda foi indicada ao Grammy de Performance Pop Duo ou Grupo, pela música "Shake It Out", e Melhor Álbum Vocal de Pop.


O álbum, intitulado How Big, How Blue, How Beautiful, foi lançado em Junho de 2015. O primeiro single foi a canção "What Kind of Man". O álbum estreou em primeiro lugar na lista dos mais vendidos no Reino Unido.

Florence and the Machine no programa de hoje com "What kind of man"

Novas sonoridades de John Shaks na musica de Cabo Verde

Hoje estivemos em conversa com John Sharks, cabo-verdiano nascido em França, que desde cedo conheceu a cultura e tradições do país, muito embora só tivesse conhecido Cabo Verde depois dos 18 anos de idade.

John é o resultado de mescla cultural que deixa transparecer nos trabalhos de uma das suas paixões: a música. Se por lado na europa tenta viver a cultura que é a sua identidade, por outro não consegue de todo fugir das influencias do meio social que o rodeia.


O seu trabalho musical, vai de encontro a essa dupla realidade, mas também procura elementos que a musica de actualidade contém e procura com eles um casamento com o tradicional. Por isso John  vai a procura de músicas de Cabo Verde que de certa forma o marcaram e tenta transporta-las para ouvintes com outras sensibilidades e gostos.

Acompanhe esta conversa aqui.

terça-feira, 23 de junho de 2015

Musica com Historia - 230615637

Foi o pintor musical de México, Pepe Guízar, quem apadrinhou e propôs o nome para este Quinteto de extraordinários músicos. O Quinteto desde 1980, permite-nos disfrutar da sua música que inclui, o seu “son”, sua guaracha e seu Montuno.

Falar deste Quinteto é pensar em Cuba.É sentir que tanto o Son, como o campo do Oriente Cubano estão representados em Vera Cruz. E quen escuta o som cubano em Trios, Quartetos e conjuntos dessas localidades, não consegue esquivar-se de  da presença de “Guajiro”, do “Bohío” das palmas e o canto do “Sinsonte Mañanero” nas interpretações do grupo.

Esta música criola, com um sabor típico, mostra-nos uma faceta da música mexicana com influencias do Caribe.


Quinteto Mocambo na interpretação de “Lagrimas Negras” no programa de hoje.

Musica com Historia - 220615636

Kanda Bongo Man nascido na, República Democrática do Congo é um músico de soukous. Foi cantor da Orquestra Belle Mambo em 1973, desenvolvendo um estilo influenciado por Tabu Ley. Sua carreira solo só começou depois de se mudar para Paris em 1979, onde sua música começou a incorporar elementos de então vibrante zouk music, originário nas Antilhas francesas. Seus primeiros álbuns a solo, "Iyole" em 1981 e "Djessy" em 1982, foram sucessos.

Ele tornou-se conhecido por ter introduzido mudanças estruturais implementadas para a música soukous.  A abordagem anterior era cantar vários versos com um solo de guitarra no final da canção. Kanda Bongo Man revolucionou soukous, incentivando solos de guitarra depois de cada verso e até mesmo, por vezes, no início da canção. Sua forma de soukous deu à luz ao ritmo de dança okwassa kwassa, com os movimentos de quadris de frente para trás enquanto as mãos movem a volta.

Como acontecia com os músicos de rumba da época, Kanda Bongo Man tembém teve uma comitiva de músicos. Muitos deles depois continuaram a carreira a solo, sendo o mais notável Didlo Dibala, conhecido como Machine Gun.

Diblo Dibala era uma parte vital da programação da Kanda Bongo Man em vários álbuns, incluindo "Kwasa Kwasa" e "Amour Fou".


Kanda Bongo Man ainda fez toruness na Europa e nos Estados Unidos. Em Julho de 2005, ele se apresentou-se no Concerto Live 8, em Cornwall.

Vamos ouvir Kanda Bongo Man na interpretação de "Zing Zong"

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Musica com Historia - 190615635

Nascido na Lekié região de Camarões em 1965, Sally Nyolo deixou sua terra natal com a idade de 13 para se estabelecer em Paris, onde viveu desde então. Nyolo começou sua carreira profissional em 1982, primeiro como um backup singer-trabalhando com vários artistas franceses e africanos, e por compor música para o rádio e cinema. 

Em 1993, entrou para um grupo Capella belga, Zap Mama e participu da sua turnê mundial. Com Zap Mama ela gravou o álbum "Sabsylma", e dois registos ao vivo (no Japão, e em Montreux).

Em 1996, Nyolo gravou seu primeiro álbum solo, intitulado "Tribu" (Tribo), publicado pela Editora Lusafrica. O álbum, concedido pela Radio France Internationale, em 1997, tornou-se um sucesso mundial, vendendo 300.000 cópias.

Depois de vários outros álbuns - "Multiculti" (1998), "Beti" (2000), "Zaione" (2002) - Nyolo finalmente voltou para os Camarões, onde montou um estúdio, com a intenção de explorar e desenvolver a cvena musical local.  Na altura disse que "Tinha a intenção de vender a cultura camaronesa no estrangeiro através da criação de uma associação internacional de música que ligará jovens músicos camaroneses à outros artistas a volta do mundo". Este esforço resultou no álbum "Studio Camarões", publicado em 2006 por Network World Music.


Nyolo canta em francês, árabe, Inglês, Espanhol, e seu Eton nativo. Em sua música, ela mistura os estilos e ritmos, fundindo sons da floresta com batidas urbanas. O Boston Herald declarou: "Nyolo saiu do seu caminho para se misturar com a África Ocidental cosmopolita Paris." 

Vamos ouvir Sally Nyolo com a musica "Tribu"

ICCA arranca com o projecto Cidadania Móvel em Mindelo

Inicia hoje o projecto Cidadania Movel, do ICCA, que envolve principalmente as crianças e que pretende levar ao conhecimento delas princípios e leis que as defendam, da violência e abusos, entre outros males.




Uma Palestra no Centro Bom Jesus, na cidade de Mindelo marca o arranque das actividades, que contam ainda com uma feira de Saúde, consultas às crianças, distribuição de medicamentos e actividades lúdicas, conforme explicou-nos a Técnica da ICCA, Sra. Yvone Spencer, em conversa no programa 40 Graus. 

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Musica com Historia - 180615634

Janet Damita Jo Jackson nascida em1966 em Gary, Indiana, Estados Unidos, irmão de Michael
Jacsok, é uma cantora, compositora, produtora musical, dançarina e actriz. Recebeu um premiado Grammy e Globo de Ouro e indicado ao Oscar.

A mais nova da família Jackson, ela inicialmente entrou na ribalta em Las Vegas, em 1974, numa produção de família apresentada na televisão em 1976. Mais tarde Janet Lança-se a solo como actriz de televisão.

Aos dezasseis anos, em 1982, ela assinou um contrato com a gravadora A & M, lançando seu auto-intitulado álbum de estréia “Janet Jackson” Lança o álbum seguinte “Dream Street” em 1984.

Jackson tem sete álbuns número um em vendas. Tendo vendido mais de 140 milhões de álbuns e 70 milhões de singles, Janet está presente na lista de recordistas de vendas de discos. Vencedora de sete prémios Grammy, ela foi a primeira e única mulher negra a ganhar o prémio de produtora do ano, além de ganha-lo em 6 categorias diferentes. Jackson já actuou em outras áreas como, escritora, estilista e empresária; tendo sua primeira linha de roupas lançada em 2001.


Conosco “Because of love” de Janet Jackson

Pinta Povoaçon vai embelezar a cidade em Julho e Agosto

“Pintá Povoaçon”, é um projecto que esta a ser desenvolvido na Ribeira Grande, na Ilha de Santo Antão e consiste em tirar a cor cinzenta das casas e incutir nas pessoas a ideia de que se vive melhor em espaços organizados, bonitos, limpos e sobretudo funcionais. É uma iniciática de Eventos HD, em parceria com a Câmara Municipal local e outras entidades.



O projecto está orçado em 450 contos e será realizado durante trinta e cinco dias, nos meses de Julho e Agosto próximos, conforme declarou Délio Leite um dos mentores.

Acompanhe a conversa que o 40 Graus teve com um dos promotores desta actividade.

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Musica com Historia - 170615633

Manou Gallo N’Guessan é um música da Costa do Marfim. Foi criado pela avó através quem ganhou o gosto pela música. Tinha 12 anos de idade quando iniciou as actividades musicais, tornando-se mais tarde bastante conhecido em vários africanos, como Burkina Faso, Mali, Togo e Benin, bem como a gravação de quatro álbuns.

Quando o grupo Woya  fez uma digressão à localidade onde Vicia Manou Gallo, este seguiu o líder do grupo Marcelino Yacé para Abidjan. Entre 1993 e 1996, Manou também apresentou-se em trupes de teatro e dança, e participou num álbum usical de Ray Lema .

Finalmente conheceu Zap Mama, um manager de tornees de artistas e teve a aoportunidade de viajar pela Europa por seis anos. Depois criou o seu próprio grupo “Le Djiboi”, cantado em francês e ingles. Lançou o seu álbum de estreia “Dida” pela gravadora Igloo Mondo em 2003, seguido de Manou Gallo em 2007.


Vamos ouvir Manou Gallo no tema “Dida” do seu primeiro álbum.

Sabor de Terra será apresentado em Mindelo na próxima semana

Sílvia, Sheila e Rita
SABOR DE TERRA é um projecto de investigação artística tem na sua base uma forte componente pedagógica / educativa, desenvolvido na cidade de Mindelo desde o passado mês de Maio terá uma apresentação dos resultados obtidos, numa encenação a apresentar nos dias 25, 26 e 27 de Junho no Centro Cultural do Mindelo.

Recordamos que o projecto é desenvolvido pela Associação Portuguesa Demo, sempre em estreita ligação com a fusão de vários discursos artísticos (dança, teatro, e artes tradicionais), privilegia assim a procura pela criação de outras linguagens estéticas.

Desta maneira, procurar-se-á fundir o contemporâneo com o tradicional, colocando sobre o palco dança, teatro, bem como música e danças tradicionais. Os habitantes da Ilha de S. Vicente (Mindelo) darão o corpo à interpretação possibilitando o encontro criativo entre actores e não actores, entre profissionais e não profissionais.


Tivemos no programa 40 Graus as promotoras desta actividade, Sheila e Margarida e a integrante cabo-verdiana, Sílvia que nos explicaram como estão a decorrer os trabalhos e como será a apresentação. Acompanhe a conversa.

terça-feira, 16 de junho de 2015

Musica com Historia - 160516632

Hoje vamos falar da cantora Yuna. Nascida em 1986 na Malasia, de nome completo Yunalis Mat Zara’ai, formada em direito, esteve desde os tempos da universidade, envolvida em cenários musicais.

Começou a escrever as suas próprias canções aos 14 anos de idade e teve a sua primeira performance aos 19 anos, depois que aprendeu a tocar guitarra.

Ela já se apresentou em inúmeros shows e eventos acústicos em muitas partes da Malásia desde 2006. No mesmo ano em que fez um teste para a primeira temporada de “One in a Million”, tendo chegado aos 40 últimos finalista antes de ser eliminada da competição.

Yuna foi finalmente descoberta em EUA pela gravadora e gestora da Indie-Pop. Eles foram a Malásia para convencê-la a assinar um contrato. Lançou o seu primeiro disco em 2011.

Música com História apresenta Yuna a interpretar a música “Falling

Conheçamos a Fundação Sonvela Arte

Fredy e Ronaldo no 40 Graus
Sonvela Arte é um projecto de arte urbana que se concentra em mudar a vida das pessoas nos bairros degradados na Ilha de São Vicente, em Cabo Verde. 

Ao transformar a área (com pintura e grafite), juntamente com os moradores, usando suas artes e ofícios, ajudamos a aumentar a auto-estima e criar oportunidades no mercado de trabalho e no turismo. 

Porque Sonvela Arte é uma iniciativa da Fundação Sonvela que também pode funcionar como um parceiro em outros projectos com foco em Educação e do Desporto.

Estivemos no programa 40 Graus, com o presidente da Funação Fredy Gomes e o colaborador Ronaldo a falar das actividades que desenvolvem. Acompanha aqui.


segunda-feira, 15 de junho de 2015

Musica com Historia - 150615631

Um dos mais populares maestros do período do pós-guerra, James Last morreu na terça-feira na Florida, nos Estados Unidos, após uma curta doença e rodeado da família, informaram os seus promotores com sede em Berlim.

"O distinto e proeminente artista viveu para a música e escreveu a história da música. James Last foi o mais bem-sucedido líder de orquestra alemão de todos os tempos", adianta a Semmel Concerts em comunicado divulgado esta quarta-feira.

Um memorial público para os seus fãs está projetado para a cidade portuária de Hamburgo (norte da Alemanha), indica ainda o comunicado.

Nascido na cidade de Bremen, em 1929, Last era conhecido pela sua "música feliz", fazendo arranjos de êxitos da pop ao estilo das "big band".

Vendeu milhões de discos e realizou cerca de 2.500 concertos durante uma carreira de cinco décadas depois de conseguir o seu primeiro contrato de gravação em 1964, segundo o seu site na Internet.


Orquestra dirigida por James Last na interpretação de “Perfidia

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Musica com Historia - 120615630

Brenda Fassie foi uma cantora pop Sul Africana considerada uma voz para os negros marginalizados durante o apartheid. Ela era carinhosamente conhecida como a Rainha do Pop Africano e seu apelido entre os fãs foi Mabrr.

Brenda nasceu em Langa, Cidade do Cabo, como a mais nova de nove filhos. O nome foi-lhe dado em homenagem a Brenda Lee, uma cantora country americana. Seu pai morreu quando ela tinha 2 anos, e com a ajuda de sua mãe, uma pianista, começou a ganhar dinheiro cantando para os turistas.

Em 1981, com a idade de 16 anos, saiu da Cidade do Cabo para Soweto, Joanesburgo, para tentar a sorte como cantora. Brenda primeiro juntou-se ao grupo Joy e mais tarde tornou-se vocalista do grupo pop “Brenda and the big boys”. Ela teve um filho, Bongani, em 1985, com o colega músico Big Dudes. Brenda casou-se com ex-presidiário Nhlanhla Mbambo em 1989, mas mais tarde, em 1991, divorciaram-se. Foi nessa época que ela se tornou viciada em cocaína e sua carreira sofreu.

Brenda morreu aos 39 anos, em 9 de Maio de 2004, no hospital, sem retornar a consciência depois das máquinas de suporte de vida serem desligadas. De acordo com o jornal Sunday Times e os gestores de sua empresa de música, o relatório pós-mortem mostrou também que ela era HIV-positivo. Seu empresário, Peter Snyman, negou este aspecto do relatório.


Ela foi eleita a 17ª no Top 100 dos Grandes músicos Sul-africanos. 

O programa de hoje com a musica "Vulindlela" de Brenda Fassie.

Campanha Solidaria em Ribeira Bote no domingo.

Um grupo de jovens e a associação de solidariedade “Jovens Solidários” preocupados com a situação de necessidade verificada no Centro de Acolhimento de doentes Mentais da Vila Nova / Lombo Tanque, decidiram promover uma campanha de ano domingo, de angariação de alguns bens e materiais necessários.

A iniciativa foi de ex-estagiária desse Centro Joceline Cerqueira que num trabalho conjunto com os Jovens Solitários, vão promover na Ribeira Bote uma série de actividades na tarde de. A este propósito o programa 40 Graus convidou os promotores do evento, Joceline Cerqueira e Yanick Rocha, vice presidente da Associação Jovens Solidários. Ouça a conversa aqui.

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Musica com Historia - 110615629

Jason Desrouleaux, conhecido pelo seu nome artístico Jason Derulo é um cantor, compositor, actor e dançarino norte-americano.


Depois de produzir diversos álbuns e escrever canções para a Cash Money Records, assinou contrato com a editora discográfica Beluga Heights. Mais tarde Beluga Heights tornou-se parte da Warner Music Group, e Derulo lançou o seu primeiro single, "Whatcha Say" em Maio de 2009. A canção foi bastante descarregada, vendendo mais de 2 milhões digitalmente, sendo certificado como dupla platina pela RIAA, e alcançou o topo da Billboard Hot 100 nos Estados Unidos e ainda noutros países. O segundo single, "In My Head", foi lançado em Dezembro de 2009. O álbum de estreia e homónimo foi lançado a 2 de Março de 2010.

“Everything is 4” é o quarto álbum de estúdio do cantor americano Jason Derulo. O álbum foi lançado em os EUA em 29 de Maio de 2015 através de Beluga Heights Registros e Atlantic Records. O primeiro single " Who Want Me "foi lançado nas rádios em 9 de Março de 2015.


No Metacritic, que atribui uma classificação média ponderada de 100 a opiniões de críticos de música, “Everytingh is 4” recebeu uma pontuação média de 67, indicando "avaliações favoráveis", baseado em 7 avaliações. 

Jason Derulo com "Everytingh is 4"

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Musica com Historia - 100615628

Morphine foi uma banda formada pelo vocalista e baixista Mark Sandman, o saxofonista Dana Colley e o baterista Billy Conway em Cambridge, Massachussets, EUA, no ano de1989. 

A banda combinou elementos do jazz e do blues com arranjos tradicionais do rock, gerando um estilo próprio de música, na medida em que não contava com um guitarrista e o baixo de Mark Sandman possuía, na maior parte das apresentações, apenas duas cordas. 

Contudo, durante uma apresentação de sua banda em 1999, Sandman teve um ataque fulminante do coração, na cidade italiana de Palestrina, falecendo aos 46 anos de idade. Actualmente os restantes membros desta banda formam com a vocalista Laurie Sargent os Twinemen.


Musica com História apresenta Morphine e o tema “The Night”.

terça-feira, 9 de junho de 2015

Musica com Historia - 090615627

Melissa Nkonda, nascido 6 de Novembro de 1990 em Saint-Saulve, é uma cantora francêsa, de mãe argelina e um pai original Camarões. Membro da família Nkotto Martin Nkotto. Com a canção New Horizons ela fala sobre sua família.

Particularmente conhecida por ter participado na temporada 7 da emissão de reality show “Nouvelle Etoile em 2009, tendo sido eliminado na terceira ronda. Desgostosa ela critica que a organização não permite improvisações.

No ano seguinte em 2010, ela ganhou uma competição organizada pela gravadora AZ, tendo assinado um contrato com a mesma.

Seu primeiro álbum, New Horizons, em especial, permitiu-lhe trabalhar com Soprano, VV Brown ou RedOne, com o qual fez um dueto. O primeiro single, também intitulado New Horizons teve um grande sucesso no seu lançamento, tornando-se num dos mais tocadosnas Rádios e Televisões durante o verão de 2011.

Em Outubro de 2011, na sequência de um re-lançamento de seu álbum New Horizons, a cantora lançou o single África.

Em Abril de 2012, ela lançou um dueto com o cantor americano Andy GrammerParticipa na produção de um sigle de caridade a favor da associação “A voz da criança”.

Acompenhemos Melissa Nkonda a interpretar a Musica "Africa"

Guilherme Pascoa apresenta "Nha Primero Passo"

Nascido em Cabo Verde a residir há já alguns anos na Holanda, Guilherme Pascoa, acaba de brindar-nos, com o disco “Nhá Primero Passo”. 

Contém 10 faixas músicas nos ritmos resultantes de uma fusão entre tradicionais de Caboverde e as influencias que hoje ditam o mercado.

Um trabalho que levou algum tempo de preparação e que contou com a participação de Djoy Delgado, Toy Vieira e Danilo Tavares.

Com letra e musica da sua autoria, Guilherme Pascoa, esteve no 40 Graus a falar-nos deste seu trabalho, que considera ser o primeiro de muitos outros que conta lançar.

Acompanhe aqui a conversa com Guilherme Pascoa.

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Musica com Historia - 080615626

José Ramalho Neto, mais conhecido como Zé Ramalho, é um cantor e compositor brasileiro. É primo da cantora Elba Ramalho, nascido em Outubro de 1949.

Suas influências musicais são uma mistura de elementos da cultura nordestina, da Jovem Guarda (Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Golden Boys e Renato e seus Blue Caps), a sonoridade dos Beatles e a rebeldia de The Rolling Stones, Pink Floyd, Raul Seixas e, principalmente, Bob Dylan. Há elementos da mitologia grega e de histórias em quadrinhos em suas músicas.

Em Outubro de 2008, a revista Rolling Stone promoveu a Lista dos Cem Maiores Artistas da Música Brasileira, cujo resultado colocou Zé Ramalho na 41ª posição

Quando tinha dois anos de idade, seu pai se afogou numa represa do sertão, e passou a ser criado por seu avô. A relação entre os dois seria mais tarde homenageada na canção "Avôhai". Após passar a maior parte da sua infância em Campina Grande, sua família se mudou para João Pessoa. Esperava-se que ele se formasse em Medicina.


Assim que a família estabeleceu-se em João Pessoa, ele participou de algumas apresentações de Jovem Guarda, sendo influenciado por Renato Barros, Leno e Lílian, Roberto Carlos & Erasmo Carlos, Golden Boys, The Rolling Stones, Pink Floyd e Bob Dylan.

Vamos ouvir Zé Ramalho a interpretar o tema "Um Índio"

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Musica com Historia - 050615625

José Cobles (apelidado de Puerto Plata) é um músico Dominicano. Nascido na cidade turística de Puerto Plata, em 1923, ele canta em um estilo que lembra a tradição Dominicana guitarra dos anos 1930 e 40, quando bolero, merengue, e son eram todos variações do mesmo fusão afro-ibérico.

A banda de Puerto Plata é composta por alguns dos melhores músicos da República Dominicana, incluindo lendas da guitarra virtuosos Edilio Paredes e Frank Mendez .

Mujer de Cabaret, Puerto Plata primeiro álbum distribuído internacionalmente, foi lançado pela IASO Registro em Setembro de 2007 a ​​muita aclamação da crítica, incluindo comentários brilhantes no New York Times e Libertação da França. Acompanhamento de Puerto Plata, "Casita de Campo", foi seleccionado pela National Geographic como um dos dez melhores álbuns de 2009.


Hoje vamos apresentar Puerto Plata e Edilio Paredes a interpretarem “Merengue Dolorita

3ª Gala Eu Posso Ajudar acontece amanhã

A gala beneficente a favor de crianças dos serviços de Pediatria do Hospital Agostinho Neto, acontece já no próximo dia 6 de Junho. Os preparativos estão a correr bem, depois da vinda de diversos artistas convidados. Os ensaios já decorrem.

Enquanto isso arrancou na tarde de quinta feira um atelier de artes plásticas para os internos a ser Ministrada pelo artista Plastico Guinense. Sidney Cerqueira.  Enquadrado no projecto “cor de Esperança” o atelier tem por fito produzir obras com essas crianças que serão depois trocadas por outros bens destinados a Pediatria.

No Sabado as 21 horas o salão de espectáculos da Assembleia Nacional recebera a 3ª Gala “Eu posso Ajudar” e contará com as actuações de Gil Semedo, Nelson Freitas, Elida Almeida, Boy G Mendes, Dino D’ Santiago, Karyna Gomes, Élida Almeida e Nish Wadada.

Numa conversa com Gil Semedo, era notório a satisfação deste artista que sentiu honrado por ter sido convidado a esta edição da Gala.

Recordamos que as receitas da bilheteira têm um objectivo específico: permitir o alargamento do serviço de pediatria até à idade de 13 anos, sendo que actualmente o atendimento é feito apenas para crianças com idade até aos 10 anos.

Acomoanhe as conversas com Sidney Cerqueira a proposito do atelier e do projecto "Cor de Esperança" que já percorreu outras cidades da Lusofonia, e com Gil Semedo.

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Musica com Historia - 040615624

Filho de um faroleiro e de mãe doméstica, Costa Neto nasceu em 1959 no dia 5 de Outubro às 00,00 horas, no último edifício a sul de todo o território de Moçambique, o farol da Ponta do Ouro, na montanha onde o seu pai se encontrava destacado.

Entrou para o ensino primário em 1965 numa missão católica colonial portuguesa em Matutuine, Moçambique.

Em 1976, pós-independência, regressa à escola, seguindo o ensino técnico, e desiste dos estudos em 1980, recusando-se a um encaminhamento oficial obrigatório à carreira docente. Desde então dedica-se exclusivamente à música, ingressando no mesmo ano no “Grupo 1″ de música ligeira moçambicana.

Em 1981, funda com companheiros seus o grupo musical “M’bila”, um dos grupos que mais revolucionou a música urbana moçambicana, o qual dirigiu até à sua extinção em 1988. Entretanto, o seu primeiro grupo musical fora o “ABC 78″, cujo nome foi por si sugerido aquando da sua fundação em 1978.

Considerado por muitos como o mais fiel intérprete da música Moçambicana na Europa, tem sido por isso convidado a representar o seu país em alguns dos mais mediáticos eventos onde se requer a presença da cultura moçambicana, destacando-se a participação no concerto de encerramento da conferência “GALEGO EM PÓ” em Santiago de Compustela, Galiza, a participação em três edições do festival “PORTAFRICAS”, o encerramento das comemorações em Roma do 10º aniversário dos acordos de paz de Moçambique, a representação de Moçambique no festival “ENCONTROS LUSÓFONOS”, em Lisboa, 2004, a participação no concerto “MUSIC AFRICA” em Roma, 2006.


Música com História apresenta Costa Neto e o tema “Ainda verei o sol nascer”.

3ª Gala "Eu Posso Ajudar" este sábado

A terceira Gala "Eu Posso Ajudar" será esta sábado no Salão de espectáculos da Assembleia Nacional. 

Este concerto beneficiente a favor da Pediatria do Hospital Agostinho Neto na cidade da Praia, leva ao palco os artista de momento em Cabo Verde e na diaspora, conforme explicou-nos a Directora Clínica deste Hospital Dra. Céu, numa conversa com o 40 Graus.

N omes como Nelson Freitas, Karina Gomes, Eleida Almeida, Boy Ge Mendes entre outros animarão o evento que acontece depois das nove horas do proximo dia 6 de Junho. Acompanhe a conversa com a Dra. Céu.

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Musica com Historia - 030615623

Shabba é um músico do Haiti que está a introduzir o estilo Zouk no seu país. Ao lado do tradicional Kompa, Shabba está agora a explorar este estilo das Antilhas.

Esta estilo caribenho, com uma mescla dos ritmos do carnaval, esta nova música tem a aceitação dos músicos do Haiti e Shabba aparece aqui a vontada a mostrar todo o seu potencial artístico.

No entanto, o crédito deve ser dado ao seu país de origem, as ilhas caribenhas de Guadalupe e Martinica. Também grande crédito deve ser dado a uma banda como os Kassav na década de 1980 que, na verdade, criado um público internacional para este estilo original música.


Musica com história apresenta hoje Shabba e o tema “Jou a la

MOTIM, vai estar em Palco no CCM.

O Centro Cultural de Mindelo, vai ser palco nos dias 5 a 7 de Junho da Mostra do Teatro Infantil de Mindelo. Uma alternativa para dinamização de actividades viradas às crianças, neste mês que lhes é dedicado.

Segundo Janaina Alvs, a promotora do evento, para a concretização desta primeira mostra, três grupos de teatro disponibilizaram-se para oferecer às crianças algo de cariz cultural no fim-de-semana após o dia das crianças que se assinala no primeiro dia de Junho, com destaque para o grupo internacional “Um Colectivo” que vai fazer a sua estreia absoluta no Mindelo, com o espectáculo “Uma Escuridão Bonita” e que também vai abrir a mostra de teatro infantil no dia 5 deste mês.


Acompanhe a conversa que a Morabeza teve com Janaina Alves.

terça-feira, 2 de junho de 2015

Musica com Historia - 020615622

"End of the Road" é uma única música gravada pelo grupo americano de R & B, Boyz II Men para a trilha sonora Boomerang. Foi lançada em 1992, escrita e produzida por Kenneth "Babyface" Edmonds, LA Reid e Daryl Simmons.

A canção alcançou um estrondoso sucesso nacional e internacional. Nos Estados Unidos A música esteve durante 13 semanas em primeiro lugar da Billboard hot 100, batendo o record anterior de 11 semanas pertencendo a Elvis Presley com “Hound Dog. Whintey Houston veria a quebrar esse record nesse mesmo ano com o tema “I always will love you” que esteve 14 semanas no top.

Curiosamente mais tarde os Boyz II Men veria a ultrapassar esse recorde de Wintney. Devido ao sucesso deste álbum de Boyz II Men, a Cooley high harmony reeditou a música em 1992 e 1993.

Na premiação dos Grammy em 1993, “End of the Road” foi iundicado a duas categorias, tendo ganho ambas: Melhor Performance R & B por um Duo ou Grupo de  Vocais e Melhor Canção R & B .

"End of the Road" é ​​considerada uma das canções de maior sucesso de todos os tempos. É classificada pelo Billboard como a sexta canção de maior sucesso da década 1990-1999. 

A canção foi certificada platina pela Recording Industry Association of America pela venda de mais de um milhão de unidades nos Estados Unidos. 


Boyz II Men e a música “End of the Road

Musica com Historia - 010615621

V Bozeman capturou os corações dos fãs de R & B no início de 2011 no seu dueto com estética com Timothy Bloom em "'Til The End Of Time", que foi seguido por um vídeo da música criativa e libertadora dos dois em um.

 No passado dia 07 de Janeiro, quase 10 milhões de telespectadores sintonizados  no novo show "Empire",  do Fox Network, testemunharam V Bozeman numa interpretação comovente, de "What Is Love".

Agora, a cantora e compositora, assinou com a editora Mosley um musical de Timbaland e Epic, e criou um visual próprio para essa época. Produzido por Timbo, V aproxima-se dos câmara men para permitir o registo de todas as suas emoções.


No programa de hoje vamos ouvir “What is Love” de V. Bozeman